NOTÍCIAS

30-AGO-2021

Abertura da campanha de Combate a Violência contra a Mulher

#ASSISTÊNCIASOCIAL POR MURILO 30 DE AGOSTO DE 2021 281

Abertura da campanha de Combate a Violência contra a Mulher

A Secretaria de Assistência Social e cidadania juntamente com o Conselho Municipal dos Direitos Da Mulher e Prefeitura Municipal de Pedra Branca, realizou na manhã desta quarta-feira (25), a abertura da campanha de combate a violência contra a mulher em alusão ao "Agosto Lilás".

O Agosto Lilás é uma campanha de enfrentamento a violência contra a mulher, tem como objetivo divulgar a lei maria da penha, e defender a importância da conscientização da sociedade através da informação, além de ações sociais de combate a violência contra a mulher, de acordo com a secretária Albacleia Cavalcante Diniz, o Agosto Lilás tem ações que vão da conscientização a denúncia.

É essencial despertar na sociedade quão é importante ter uma mobilização para coibir todas as formas de violência contra a mulher. Aproveitou a ocasião para anunciar a abertura da "sala lilás", que vai acolher as mulheres em situação de violência, a mesma será instalada na sede do CRAS e será ofertada uma escuta qualificada e humanizada.

A Secretaria de Assistência Social e cidadania juntamente com o Conselho Municipal dos Direitos Da Mulher e Prefeitura Municipal de Pedra Branca, realizou na manhã desta quarta-feira (25), a abertura da campanha de combate a violência contra a mulher em alusão ao "Agosto Lilás".

O Agosto Lilás é uma campanha de enfrentamento a violência contra a mulher, tem como objetivo divulgar a lei maria da penha, e defender a importância da conscientização da sociedade através da informação, além de ações sociais de combate a violência contra a mulher, de acordo com a secretária Albacleia Cavalcante Diniz, o Agosto Lilás tem ações que vão da conscientização a denúncia.

É essencial despertar na sociedade quão é importante ter uma mobilização para coibir todas as formas de violência contra a mulher. Aproveitou a ocasião para anunciar a abertura da "sala lilás", que vai acolher as mulheres em situação de violência, a mesma será instalada na sede do CRAS e será ofertada uma escuta qualificada e humanizada.

 

Deixe seu comentário

Qual o seu nível de satisfação com essa informação?


Muito insatisfeito

Um pouco insatisfeito

Neutro

Um pouco satisfeito

Muito satisfeito