Pedra Branca-PB

Histórico

O MUNICíPIO teve origem no sítio Pedra do Fumo, pertencente aos descendentes de Raimundo Epaminondas de Souza e Cândido Gambarra. O local da Sede foi um campo para o cultivo do algodão, sendo as primeiras construções iniciadas pelos agricultores Raimundo de Araújo Souza e Joaquim de Oliveira entre outros. O núcleo populacional foi crescendo. Em 1938, foi construída a 1º Escola. Quinze anos depois, Adauto de Oliveira fez a doação do terreno para o patrimônio da Igreja, que foi construída em homenagem a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Em 1959, o povoado já contava com muitas casas, onde se realizava uma feira livre com a participação de moradores de toda região. Gentílico: pedra-branquense Formação Administrativa Distrito criado com a denominação de Pedra de Fumo, pela lei estadual n º 2209, de 19-12-1959, subordinado ao município de Itaporanga. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o distrito de Pedra de Fumo, figura no município de Itaporanga. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-XII-1963. Elevado à categoria de município com a denominação de Pedra Branca, pela lei estadual nº 3152, de 30-03-1964, desmembrado de Itaporanga. Sede no atual distrito de Pedra Branca ex-Pedra de Fumo. Constituído do distrito sede. Instalado em 17-05-1964. Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007. Ateração toponímica distrital Pedra de Fumo para Pedra Branca alterada, pela lei estadual nº 3152, de 30-03-1964.